BLOG

Não se fabricam líderes!!!

Se alguém pensou na hipótese de se fabricar líderes, errou redondamente. Primeiro porque não se fabricam pessoas de espécie alguma, mas líderes, então, nem se fale.

Existem líderes natos, mas, em nossos dias, é imensa sua escassez. Nas empresas, convencionou-se chamar de líder todo aquele que ocupa um cargo no qual há tomada de decisão e tem equipe ou equipes sob sua responsabilidade.

No entanto, para que um profissional possa assumir, com total qualidade, o seu papel de liderança, o investimento é alto e constante. Trata-se de um processo de desenvolvimento pessoal e profissional que demanda tempo e um mergulho profundo no conhecimento de si mesmo e nas descobertas sobre os outros, como indivíduos e em grupo.

Estamos no tempo da pressa, em busca de resultados para ontem e o vocabulário, com o qual nos deparamos nas publicações do dia a dia, nos leva a pensar que o profissional é um objeto que pode e deve ser construído, consertado, configurado, fabricado segundo moldes claros que facilitam o serviço. Feliz ou infelizmente, cada pessoa é uma, una, inteira, dotada de possibilidades e capacidades que, desenvolvidas, a tornam não só única, mas sujeito de todos os seus desejos e processos de desenvolvimento, responsável por todos os seus passos e atos.

Depois de mais de trinta anos trabalhando com desenvolvimento de pessoas e grupos, posso dizer com todas as letras: não se iludam, ninguém desenvolve ninguém; cada pessoa é livre para querer se tornar um líder e investir nesse processo. E, nessas condições, ela terá sempre o nosso apoio especializado.

Beatriz Pinheiro

Consultora e Coach

Arvoredo – assessoria em desenvolvimento

Gostou do post? Quer continuar acompanhando nosso blog? Siga nossa fan page no Facebook.

4winners Análises e Soluções Empresariais