BLOG

Não espere o ano novo, o bom ano que você deseja deve ser construído todo dia.

Disse Drumond: “Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente”.

Inscreva-se aqui para receber o e-book “Como atravessar BEM 2016″

Quem sou eu pra contradizer o grande poeta, ainda mais sabendo que na fala de um poeta vem uma grande carga de subjetividade e mensagens subliminares que eu nem sei se alcanço.

Mas ainda assim vou me arriscar a palpitar. Adoro o clima de festas de fim de ano. Natal e Ano Novo tão próximos um do outro nos enchem de alegria e de uma energia que parece, não nos acompanhou o ano inteiro, mas a sensação é a de que no ano que vem as coisas serão melhores.

Isso é saudável e faz parte da natureza humana. Estamos sempre em busca de um motivo que nos leve a pensar que as coisas mudarão, sempre pra melhor, e assim passamos pela vida…

É nesse ponto que começo a discordar do poeta. As coisas são assim, mas não precisam ser assim. Uma mudança no calendário só significará uma mudança de fato se for seguida de mudança de atitude. É dito e sabido que ações idênticas geram resultados idênticos, então porque delegamos um ano melhor ao pobre do calendário?

Desejo que todos nós tenhamos um ano novo maravilhoso. Que todos os nossos sonhos e desejos mais grandiosos se concretizem como resultado de nossa atuação. Que tenhamos pensamento positivo para nos motivar às ações positivas; bom humor para suportar as agruras e contratempos que certamente teremos; disposição e energia para fazermos o Ano Novo que queremos.

Dessa forma, no ano que vem só teremos que entrar no clima de festa contabilizando os ganhos e conquistas do ano anterior e comemorando uma forma de encarar a vida que certamente não é a mais fácil, mas acredito ser muito mais produtiva e prazerosa.

Enfim, concordando comigo ou com o poeta, desejo a todos o melhor ano que nós pudermos fazer.

Luiz Eduardo Neves Loureiro – Consultor, coach e palestrante.

Gostou do post? Quer continuar acompanhando nosso blog? Siga nossa fan page no Facebook.

4winners Análises e Soluções Empresariais