BLOG

Estamos destruindo talentos – HSM Management nº94

A edição nº 94 da revista HSM – Management traz na capa Sir Ken Robinson, que foi entrevistado por Adriana Salles Gomes.

Robinson é especialista em inovação, educador e professor da University of Warwick. Em 1998 liderou a comissão do governo britânico encarregada de analisar as relações entre educação, criatividade e economia que resultou no relatório All Our Futures. Em 2003 foi condecorado Cavaleiro do Império Britânico – Sir – e, em 2005, foi incluído entre “as principais vozes do mundo” pelas revistas Time e Fortune e pela emissora de TV CNN.

Sobre liderança e criatividade ele diz… “O líder não precisa entender a inovação, e sim a criatividade. Deve pensar seriamente sobre ela. Como eu disse a Tony Blair (ex-primeiro-ministro britânico) quando ele foi eleito, educação diz respeito a promover a criatividade e entendê-la, mas o governo tinha políticas educacionais que a destruíam. E digo o mesmo aos líderes de empresas.” E continua: “É uma busca primeiro interna, em que se aprende mais sobre si, e depois externa, para experimentar coisas novas e se pôr à prova. É a jornada dupla de descobrir a paixão e construir a atitude. Como? Quebrar a rotina é uma forma.” Muito bom.

Na seção Direto ao Ponto o entrevistado – em cinco perguntas – é Tom Peters, guru da Administração que dispensa apresentação. Sem temer a polêmica Peters diz: “Eu não apontaria Jobs como modelo de líder. Que importância tem os produtos se ele deixou pessoas pelo caminho? Definitivamente não é um bom exemplo para mim.” Muito corajoso.

Salientamos ainda a matéria Felicidade dá Lucro? baseada em vários autores que garantem que a felicidade pode ser alcançada com mudança de atitude e explicam como ela afeta o desempenho. Na sinopse lê-se: “O anseio pela felicidade é tão velho quanto a humanidade, mas foi só agora que essa busca chegou, de maneira avassaladora ao ambiente corporativo e às escolas de negócios.”

Dentre os autores citados nessa matéria, evidenciamos as recomendações de Tal Bem-Shahar, professor de Harvard, em destaque na página 88 e Gretchen Rubin, autora do livro Projeto Felicidade, com a seguinte citação: “O entusiasmo é mais importante do que o talento, porque o elemento essencial para desenvolver uma experiência é a vontade de agir.” Precisa como uma cirurgiã.

Em suma, a revista toda é uma excelente forma de nos instigarmos a pensar fora do quadrado.

Luiz Eduardo Neves Loureiro

Gostou do post? Quer continuar acompanhando nosso blog? Siga nossa fan page no Facebook.

4winners Análises e Soluções Empresariais